Meu Perfil
BRASIL, Mulher, de 26 a 35 anos, Moda, Livros
MSN -



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
superando a dor da traição


Por que comigo?

Porque comigo?

Essa é uma das primeiras perguntas que surge quando descobrimos que a pessoa que amamos e confiamos nos traiu.

Independente da mesma esta arrependida ou não querer mais olhar na sua cara e já esta apaixonada por outra pessoa, o sentimento de medo e confusão se funde e vira uma coisa só criando o desespero e a dor da angustia que aperta no peito e com certeza nenhum de nós sabemos o que fazer.

Como perceber que essa dor semelhante ao luto já passou da hora de desaparecer, e fazer uma faxina interna será a maneira que nos levará ao encontro de novos caminhos, todas as perguntas não tem respostas quando estamos amando e vivendo a dor de amar....

Por isso amigo estou aqui! Para compartilhar sem criticas sabendo que dói muito, mas dando a certeza que essa dor vai passar.



Escrito por Vivian às 12h49
[] [envie esta mensagem] []



 

Quero compartilhar com vocês alguns fatos da minha própria vida!    

Imagino que para falar de determinados asuntos é necessário que se tenha o minimo de aproximação dos fatos para não julgar, críticar ou segregar o outro com palavras vazias. 

Acredito que muitos irão se identificar ou pelo menos se aproximar, é possível perdoar uma traição????????

Eu, dentro da minha ingênuidade imaginei que fosse possível.

E hoje vivo no anonimato dos meus próprios sentimentos, sem saber qual a melhor atitude a tomar, às vezes penso que sair da relação seria o mais sensato já que um relacionamento sem confiança não tem muito valor, mais por outro lado penso em nossas coisas, na partilha dos bens e acredite nem temos filhos, é tudo matérial, menos os animais que são quatro.

Cada dia ao lado de alguém vamos mesmo sem perceber criando laço e adquirindo bens em comuns mesmo que sejam pequenas coisas, e se desfazer dos mesmos pode se tornar um grande sofrimento e um enorme desafio.

Há dois anos, marquei meu casamento mesmo achando que era cedo para casar aos 27 anos, sempre tive muita liberdade com a minha familia e não via necessidade de assumir um compromisso tão sério.

Pois com o casamento vêm as contas, as obrigações, cobranças e muitas outras coisasssss chata, porém, como a pressão estava ficando forte eu acabei cedendo, após muita insistência, começamos os preparativos, igreja, Buffet, e eu estava muito tranqüila, seguindo a regra passo a passo, não me sentia muito entusiasmada.

Via muitas noivas fazendo planos para um dia de princesa com se fosse à coisa mais importante que aconteceria na vida delas, no entanto essa emoção não me atingia.

Era tudo tão mecânico, comprar, pagar, verificar datas, escolher convidados, aff um verdadeiro trabalho sem ganho financeiro.

E assim dias e mais dias se passaram..... continua!

 



Escrito por atitude.vivian às 12h14
[] [envie esta mensagem] []



Esse Blog não tem a finalidade de ser apenas um blog, e sim um local de compartilhamento de uma das piores dores da vida! Seja você homem ou mulher independente do seu gênero. A dor de amor é grande, mas dor de desamor é muito maior.

Falo por muitas, Paulas, Pedros e Marias, que em algum lugar do planeta sentiram ou sentem  a dor amarga da traição, a confusão mental do que fazer, o desespero de prosseguir a vida no vazio e escuro, o que os outros estão pensando ou vou pensar, para onde ir, em um momento tão delicado, há solução?

Aos pouco vou depositar aqui, um sentimento dolorido e que só tem o infortuno de saber o que realmente é quem por ele já passou.

Eu fui traída! E dei a volta por cima!



Escrito por atitude.vivian às 14h52
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]